2 de nov de 2010

Heróis do Segundo Turno - kkk

Todos fomos importantes para a vitória da Dilma... mas quero fazer aqui um "top six" divertido das figuras mais importante do segundo turno (não vale o Lula, pq é brincadeira):

Sexto colocado - Padre Francisco de Canindé - "Eita cabra invocado", fez o serra perder um turno inteiro na missa, onde não ganhou nenhum voto... Serra saiu abalado e o evento repercutiu mal para a campanha. Foi o momento chave onde um religioso expressou descontentamento com a farsa igrejeira do PSDB.

Quinta Colocada - A aluna que denunciou o aborto da Dona Mônica Serra -
Essa moça é uma heroína... teve muita coragem de falar, correndo risco de sofrer pressões e perseguições. Assim
como o Padre, desestabilizou o discurso conservador de Serra e subtraiu uma "peça chave" da campanha... a primeira dama santinha, que teve que esconder-se.

Quarto colocado - O editor do Jornal noturno do SBT que apresentou a verdade sobre a "bolinha de papel" que atingiu Serra. Posso imaginar ele falando: "olha gente, eu sei que nossa TV prefere o Serra... mas não podemos ser picaretas... a verdade precisa ser mostrada... foi só uma bolinha de papel". Bum! Os planos da Rede Globo de criar um grande fato político pró-Serra foram por água abaixo. Reverteu-se... o episódio desmoralizou o tucano.

Terceiro colocado - Paulo Henrique Amorim - Aqui representando todos os blogueiros e todos os comunicadores que denunciaram as mentiras do imprensalão tucano... o conversa afiada, com mais de 5 milhões de visitas por mês, foi um dos pilares de sustentação dos argumentos da campanha.

Segundo colocado - Edir Macedo - rsrsrsrsr ele mesmo... rsrsrs também tem seu dia de Herói Nacional. Ele tem uma coisa em comum com o Lula: Os dois enfrentaram (e sobreviveram) a maior máquina de comunicação da História do Brasil, a Rede Globo. Nas eleições, a Record fez um contraponto diário à manipulação PSDBista. Embora tivesse menos audiência, diminuía o impacto dos factóides globais. Pareceu com a velha disputa da Veja x Carta Capital, só que numa escala bem maior. Ponto pra ele.

Campeão!!! Primeiro colocado - Herói do segundo turno - O Tucano Paulo Preto.... kkkk. Dizem que o Aécio fazer greve foi fundamental.... mas quero dar o prêmio pra este elemento. Ele roubou 4 milhões de sua própria candidatura.... de $$$ de propinas do seu próprio governo e ainda chantageou Serra para que o defendesse... kkkk... o cara lascou com o Serra... lascou bem na hora do slogan "Serra é do Bem"... acabou com toda a estratégia!!! Veio a capa da IstoÉ, jornal da record descascando tudo... até o William Bonner45 tocou no assunto kkkk

Bem.... comentem aí... querem deletar alguém da lista? Incluir?

Grande abraço.

Militância teve papel decisivo

A expressiva vitória de Dilma em Fortaleza, obtendo mais de 70% dos votos válidos, teve a militância voluntária, espontânea, como elemento fundamental.

O início difícil do segundo turno, após Serra descarregar toda sua metralhadora de ataques desonestos, levou o "povo do PT" e, de forma mais ampla, o "povo das esquerdas" para as ruas da cidade. O sinal da Av. Ant. Sales com Rui Barbosa, símbolo deste tipo de campanha livre, foi o grande destaque. Em todos os 25 dias anteriores à eleição, inclusive domingos, o sinal esteve ocupado com pessoas adesivando carros e segurando bandeiras. Não existia horário pré-definido, simplesmente as pessoas "iam chegando", mobilizadas (ou não) pelas coordenações voluntárias da atividade.

Essa resposta das ruas, dos valorosos "petistas" de véspera de eleição, salvadores da pátria nos momentos difíceis, impediu o crescimento de Serra na capital, mesmo com todo esforço que o PSDB fez desta vez. A campanha de Serra foi muito maior que a de Geraldo Alckmim 4 anos atrás.

Além dos sinais, as caminhadas e carreatas também foram boas. Uma campanha vermelha, bela, que podemos nos orgulhar de ter participado. Parabéns para o Governador CID, para a prefeita Luizianne Lins, para o Senador Inácio Arruda, para os coordenadores, e especialmente para toda a militância aguerrida da nossa cidade revolucionária.