20 de dez de 2010

Foto do "Tópicos Utópicos"













Agradecer à http://www.umlaw.org.br/ pela foto. Foi tirada na última edição do Tópicos Utópicos.

O professor Emir Sader, ilustre palestrante daquela tarde, eu e o camarada Rafael Chaves.




2 de dez de 2010

Aceitar o desafio


Muitas pessoas, inclusive eu, guardam problemas embaixo do tapete. Também, costumamos empurrar outros desses problemas com a barriga... e seguimos adiante. Deixamos velhos conflitos em trégua temporária... e vamos prorrogando uma falsa paz sempre que voltam suas conseqüências. Tarefas acumulam, cercam... e acabamos por cuidar apenas daquelas que mais nos perseguem.

Com o tempo, aprendemos a separar melhor: de uma lado o que podemos adiar e do outro o que precisamos resolver definitivamente. Problemas, conflitos, tarefas... muitas coisas que queríamos jogar para cima e esquecer, teremos que apontar uma solução... e esta é uma das mais importantes lições que a maturidade nos oferece.

Aceitar o desafio. Desbravar o estranho ou o inacabado. Enfrentar os problemas e os inimigos. Ninguém pode se furtar disso em determinados momentos. E por mais fraco que eu, ou você, pareçamos estar no devido momento, deve-se encarar as verdades. Afinal de contas, perceba, cada desafio traz consigo uma própria força, que não é nossa. Para cada luta que topamos, recebemos o apoio das forças mágicas que participam de cada embate.

O coração escondido é cinza e frio. O coração que aceita qualquer briga amarga e perece. O coração que aceita o desafio é rubro e vibra... e vive para sempre.

Escolher certo. Escolher o certo. Na hora certa. E "amanhecer brilhando mais forte!".