8 de out de 2010

Pedro na Encruzilhada

O valoroso companheiro Pedro Ivo está numa encruzilhada. Não só ele, mas todo o grupo de militantes de esquerda históricos que acompanhou Marina Silva na saída do PT e na sua campanha eleitoral pelo PV. Não são muitas pessoas, mas tem peso social relevante.

Quando chegar o reveillon (momento que fazemos aquele velho balanço do ano), essas pessoas terão passado pelo olho do furação, estando, então, felizes ou decepcionadas.. ou tb (deus nos livre) envergonhadas, dependendo do desenrolar dos próximos dias. Vejamos:

1 Se Marina apoiar Dilma e ela vencer:
Eles serão aqueles que ousaram e foram vitoriosos. Impuseram sua pauta, sua agenda, seu programa... ao povo brasileiro, à Dilma e ao próximo governo. [grande possibilidade]

2 Se Marina não apoiar ninguém e Dilma vencer:
Eles serão aqueles que colocaram o projeto democrático popular em risco e depois deram as costas. Serão vistos no interior da esquerda como irresponsáveis... que não tem compromisso com o conjunto da esquerda. Continuarão sentindo-se, porém, "acima" da disputa ocorrida, com auto-estima elevada [possível]

3 Se Marina apoiar Serra e Dilma vencer:
Crise total. Representaria o fracasso completo da estratégia inicial do grupo. Ocorreria uma desagregação. [possível, mas pouco provável]

4 Se Marina apoiar Dilma e o Serra vencer:
Crise. A culpa da derrota seria diluída com outros fatores próprios da campanha no segundo turno, mas sempre vai ficar a mágoa de que Marina, provocando o segundo turno, conduziu o povo à derrota. [possível, mas pouco provável]

5 Se Marina apoiar Serra e ele vencer:
O projeto ideológico inicial fracassara, tendo sua força acumulada servido apenas aos interesses dos setores conservadores do PV... que irão satisfeitos compor o governo tucano. Pedro Ivo e os demais romperiam e... desanimados, passariam um péssimo reveillon. [improvável]

Bem... espero que ocorra a opção 1 e todos fiquemos felizes... Dilma na presidência, Lula com tempo para projetos novos, Marina com moral elevado, povo com bucho cheio (e mais oportunidades), Tasso brincando com os netos, Serra e FHC dando palestras.... uma maravilha.

Então, meus camaradas Pedro Ivo e toda a turma... "se garantam" para evitar as demais possibilidades... cuidado com a "turma do mal" do PV e boa sorte...

E eu já vou dormir (03:44) que amanhã é sábado de campanha... e eu não posso ficar aqui só de analista amador... sou militante e tenho que ir pra rua...

Grande abraço...



5 comentários:

André disse...

Pois é Afonso! De fato o nosso companheiro Pedro Ivo assim como todos/as que deixam o PT para se aventurarem semn a estrela na política passam por certos dilemas.

Mas, confio no companheiro Pedro Ivo, ele saberá dar a volta por cima. Queria muito que a companheira Marina também pensasse como ele.

Gabriela disse...

Afonso, você é muito engraçado. Faz me rir.
Bom, mais é de se esperar, você nunca fez auto-crítica, não poderia fazer agora né?
Também sempre foi um cara medroso, em cima do muro e sem força militante!
Só se posiciona quando é o ponto: governabilidade, e olhe lá...
Enfim, espero que você possa fazer auto-crítica da sua gestão, da sua militancia e do PT.
Gabriela.

Afonso, disse...

Putz... Pela forma como a Gabriela reagiu ao texto... acho que a Marina não vai apoiar a Dilma mesmo... Sinistro.

Colombo Cirqueira disse...

É engraçado o fato de ser colocado um monte de vias a serem seguidas e a Gabriela vir aqui e detonar não o posicionamento político, mas sim o individuo isso é não ter argumentos à altura. Não vamos ficar com falácias como o PSDB e SERRA fica não vamos agir igual, não vamos ser porta voz da canalhocracia brasileira, nem fazer campanha difamatória e nem se calar diante desse momento. Essa guerra não é contra nós é contra eles contra o PSDB que é contra o povo, independente de partido A ou B ou de quem se posiciona em qual momento, acho que agora precisamos ter um posicionamento do PV da Mariana Silva de que lado eles vão ficar? Isso é Fato. Posicionaram-se no 1° turno e agora precisamos saber seu posicionamento. O PSOL já se posicionou e Marina Silva ainda está em cima do muro, e assim não dá, o tempo urge! "Ou é quente ou é frio morno eu vomito"!

Verônica disse...

Pois pelo que eu conheço o Pedro Ivo, tenho certeza que ele disputou até o ultimo minuto para que a Marina votasse na Dilma no 2º turno, ele, com sua história, nunca ficaria netro na luta de classes. Pena que hoje a Marina foi mais pra direita e perde a oportunidade de se redimir de uma campanha moderada, que só bateu na Dilma e ajudou o Serra. Agora fecha com chave de ouro, mostrando não se importar o Brasil no próximo período. Mas a militância do PT vai superar tudo isso e manter o jogo do nosso lado. Verônica Maia