6 de out de 2009

Mercedes


"Sólo le pido a Dios
Eu só peço a Deus
Que lo injusto no me sea indiferente,
Que a injustiça não me seja indiferente
Que no me abofeteen la otra mejilla
Pois não posso dar a outra face
Después que una garra me arañó esta suerte.
Se já fui machucado brutalmente
Sólo le pido a Dios
Eu só peço a Deus
Que la guerra no me sea indiferente,
Que a guerra não me seja indiferente
Es un monstruo grande y pisa fuerte
É um Monstro grande, pisa forte
Toda la pobre inocencia de la gente.
Toda forma de inocência desta gente"

Nenhum comentário: