3 de out de 2009

Sem dúvida, uma vitória.

Não posso me considerar um nacionalista nato... daqueles que querem ver sua "pátria" sobressair em relação às demais. Prefiro defender um mundo mais justo, onde todos os povos oprimidos adquiram direitos...

Também não gosto dos grandes investimentos nos esportes de rendimento, onde separamos os super-atletas das pessoas normais, numa divisão entre um punhado de saudáveis atletas e uma massa de sedentários... nesse caso, também prefiro defender um mundo em que todos (e todas) pratiquem o esporte e o lazer sem preocupações exarcebadas em quebrar os limites...

Mas.... essas minhas pseudo-críticas sub-conscientes são pequenas diante dessa recente e justa afirmação da América Latina e do Brasil frente ao mundo. Também são pequenas diante da força de uma evento que congrega pacificamente tantas nações, em nome do esporte...

E o Lula realmente "é o cara"! Mesmo quem tem alguma divergência com seu projeto (seja do PSTU ou do PSDB) tem que respeitá-lo. E muito! Os resultados da sua atuação, sejam estatísticos ou simbólicos (como esse) são incomparáveis com os período anteriores, recentes e distantes da nossa História...

Grande abraço.

Nenhum comentário: